11 de ago de 2010

Clevane Pessoa se despede de Luiz Lyrio com um belíssimo memorial

Queridos amigos poetas, escritores e afins,


Agradeço a clevane Pessoa pelo delicado gesto de amizade e solidariedade neste momento tão saudoso de nosso amigo Luiz Lyrio, que nos deixou nesse domingo, dia 08 de agosto, em Belo Horizonte. Ela que sempre incentivou o Luiz quanto aos seus trabalhos e o divulgou incessantemente pela web, não poderia ser diferente agora, criando um rico memorial em sua homenagem. Infelizmente, clevane também anda com a sua saúde um tanto fragilizada e isso a impossibilitou de comparecer ao último adeus ao grande amigo e escritor Lyrio.
Clevane e Luiz eram grandes amigos e tenho acompanhado de perto a sua tristeza pela partida dele. Hoje, dia 11, ela me ligou abatida e com a voz chorosa relembrando dos momentos felizes e produtivos ao lado do poeta’migo.
A todos que puderem contribuir com o memorial que a Clevane tem feito para o Luiz, por favor, enviem arquivos, documentos, fotos, poemas, textos, para que ela possa dar continuidade a essa linda homenagem em memória desse ilustre escritor, que nos deixa com cinco obras literárias inteligentes, refinadas e muito bem-humoradas, além de inúmeros trabalhos em sites culturais, revistas, jornais...




Abaixo, Clevane fala de como eu e o Luiz nos conhecemos por intermédio dela:


Quando encaminhei Luciana Tannus a Luiz Lyrio, foi por dois motivos: primeiro, serem mineiros de Belo Horizonte, pessoas de minha estima e estarem morando ambos, em Aracaju, SE. Ela, acompanhando o esposo, que foi para lá por motivo de trabalho. Ele, para cumprir um desejo pessoal de morar perto da praia-apesar de mineiro, o pai era pernambucano e ele adorava o mar- e assim , usufruir melhor sua aposentadoria. Ambos foram por mim indicados para Embaixadores Universais da Paz, pelo Cercle Univer. de Les Ambassadeurs de la Paix, Genebra, Suiça. Os dois sempre foram militantes pela justiça no mundo. Em segundo, para que ela pudesse auxiliá-lo nas atividades literárias -o que deu certo, conforme ela escreve abaixo - os dois poetas, e muito organizados e ela tornou-se revisora e representante de "Estalo, o Tablóide", sendo que no último número, o sexto, ela ocupa a primeira página. Deu certo, ela e ele sempre comentando o quanto o outro escrevia bem. Marco Aurélio Lisboa, nosso amigo comum, visitara Luiz no hospital e trouxe-nos noticias animadoras, de que encontrara com Lyrio escrevendo ao notebook. Ele lhe pedira para avisar a todos os chegados e Marco Aurélio e eu ficamos de fazer uma visita juntos (*), mas ele poderia ir mais vezes, por estar com sua mãe idosa internada em outros hospital, ali perto. Com essa imagem do escritor em seu notebook, a escrever, tranquilizei Luciana...Mas nunca sabemos quando a pessoa é chamada, tem de irromper seu ciclo da vida neste Planeta . Depois de sua vida intensa, Luiz Lyrio passara a cuidar da saúde, fazia dietas, controles ambulatoriais, tomava remédios, queria viver. Não houve tempo de o visitarmos, pois na madrugada de domingo, Dia dos Pais, parte o escritor por excelência. E que estava em excelente fase, ministrando palestras, lançando livros. Escrever, escrevia todo o tempo livre, continuamente. Eu revisava seus textos, às vezes por telefone. Ele comentara com Luciana que eu o incentivava muito. A recíproca é verdadeira. Como saio pouco de casa, até colocar envelopes nos Correios para mim , ela se oferecia para colocar.No ar, um clima de paixão, mas a amizade sempre ultrapassou tudo mais. Sempre o admirei e isso foi realmente uma tônica. Não fui ao velório nem ao enterro, minha saúde é bolha de sabão, preferi lembrar-me dele redivivo. Passei dia , noite e madrugada, atendendo ao pedido dos familaires de Luiz, a avisar todos que o conheceram. A lista , imensa, então pedi em efeito dominó, um avisasse ao outro. Publiquei memorial, textos dele, busquei fotos em meu arquivo, reli os seus blogs, as orelhas de meu livro EROTÍSSIMA, onde estão suas palavras. Poeta, escritor não morre, não enquanto o lembrarmos.


*Clevane Pessoa Embaixadora Universal da Paz (CUAP)

Obs: Quem quiser mandar algo para esse Memorial, basta enviar para: clevaneplopes@yahoo.com.br

*Aprecie o memorial para Luiz Lyrio clicando no título dessa matéria.
*fotos retiradas do site de Clevane Pessoa: http://www.clevanepessoa.net/index.php

Um comentário:

Marco Lisboa disse...

A Clevane é uma das pessoas mais generosas que conheço. Ela batalha pelos amigos, consegue espaços para eles divulgarem suas obras, faz contatos, é uma embaixadora das artes, sem visar nenhum proveito pessoal.
O Luiz foi muito feliz por tê-la como amiga.